Avaliação Nutricional

Tempo de leitura: 2 minutos

Há quem acredite que a avaliação nutricional se resume apenas a classificação do índice de massa corporal, peso por altura e idade, o IMC, determinando se o individuo está abaixo do peso ideal, com peso adequado, sobrepeso ou obeso. As classificações são: Magreza grau I (IMC < 18,4), Magreza grau II (IMC 16,0 a 16,9) e Magreza grau III (IMC ≤16); Eutrofia que significa peso adequado (IMC 18,5 a 24,9), Sobrepeso (ICM 25,0 a 29,9), Obesidade grau I (IMC 30,0 a 34,9), Obesidade grau II (IMC 35,0 a 39,9) e Obesidade grau III considerada muito severa (IMC ≥ 40,0).

Porém, a avaliação nutricional é bastante complexa, pois envolvem dados específicos de cada pessoa e faixa etária em que se enquadra, crianças, adolescentes, adultos, gestantes, lactantes e idosos tem necessidades diferentes correspondentes a cada fase da vida, além de possíveis patologias, intolerâncias e alergias alimentares, uso de medicamentos dentre outros.

Há ainda, a avaliação antropométrica com dobras cutâneas, aferição dos perímetros e a bioimpedância que poderão serem feitas à parte, por se tratar de avaliações complementares específicas, existem outras avaliações que compõem o quadro de ferramentas utilizadas por nós nutricionistas.

A consulta com um nutricionista pode levar mais tempo do que você imagina. Isso, por quê se trata de uma entrevista longa onde é preciso conhecer seus hábitos diários, preferencias e restrições ou mesmo aversões alimentares, exames laboratoriais, sua rotina de sono, hábitos intestinais, histórico familiar e patologias, identificar e atuar no objetivo que o levou até o nutricionista.

Todas as particularidades do indivíduo, são levadas em consideração para a elaboração de um plano alimentar.

Outro item que faz parte da avaliação nutricional é o recordatório alimentar, para entender melhor os hábitos alimentares, incluindo horários das refeições e porções ingeridas nas últimas horas ou últimos três dias, por exemplo, permitindo analisar as quantidades ingeridas de macro e micronutrientes.

Lembre-se: cuidar da sua saúde é cuidar do bem mais precioso que você possui, consulte o médico regularmente. Faça também um acompanhamento nutricional, saiba a importância de ter uma alimentação bem equilibrada.

Faça seu cadastro, siga nossas redes sociais no Facebook e Instagran e se mantenha atualizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *