Alimentação: Dicas para aproveitar as festas de fim de ano

Tempo de leitura: 2 minutos

A alimentação nas festa de fim de ano é sempre muito farta e saborosa, por isso, muitas pessoas acabam exagerando e ficam com aquele peso na consciência. Confira algumas ficas para aproveitar a ceia de Natal.

O que eu posso comer no Natal?

Muita gente me faz essa pergunta devido ao banquete com inúmeras variedades durante as comemorações natalinas.

Então vamos lá!

Diante de uma enorme quantidade e variedade de alimentos dos quais se gosta muito a primeira pergunta é:

Qual o meu prato predileto dentre tantos?

Se nessa hora aparecer mais de um tipo de combinação, o melhor meio é por eliminação. Vamos começar pelos pratos principais, pela chamada ceia de natal.

Vamos aos exemplos para ficar mais fácil:

Exemplo: uma mesa com peru recheado assado, leitão a pururuca, bolinho de bacalhau, salpicão, arroz à grega, bacalhau, farofa com passas, salada tropical.

Uma combinação seria: 1 a 2 fatias de peru assado, 2 a 3 bolinhos de bacalhau, 1 a 2 colheres de sopa de salpicão.

Outra combinação seria: leitão a pururuca 1 pedaço médio (100g em média, um pouco difícil de ilustrar), arroz à grega 2 colheres de sopa cheias, farofa 1 colher de sopa, salada tropical (á vontade ou um pegador/colher de servir).

Ainda poderíamos mencionar mais uma das combinações mais comuns aos que são loucos por carne: bacalhau 1 colher de servir rasa, 2 pedaços pequenos de leitão a pururuca, salada tropical a vontade e 1 colher de salpicão.

Lembrando que é apenas um exemplo, varia de acordo com o plano alimentar de cada um. É importante ressaltar que ao escolher uma você elimina as outras. Você ainda terá o gozo de poder degustar das sobremesas. E já que foram mencionadas, lá vamos nós outra vez!

Sobremesas

Exemplo: panetone, chocotone, rabanada, pavê, mousse, torta de sonho de valsa (não sei se na sua família tem, na minha tem! Rsrs), sorvete, frutas cristalizadas e castanhas, uvas, melão, melancia, mamão, nectarina, pêssego, ameixas frescas, biscoitos de gengibre, torta alemã e por aí vai… guloseimas e doces não faltaram!

Primeira opção: 12 uvas, 1 fatia fina de chocotone, 1 fatia de rabanada.

Segunda opção: 2 nectarinas, 1 bola de sorvete e 1 colher de mousse.

Terceira opção: melancia metade de uma fatia grande, 4 castanhas ou 2 nozes, 2 biscoitos de gengibre.

Quarta opção: 2 colheres de sopa de torta, 8 uvas, 2 ameixas.

Quando se trata das sobremesas fica quase impossível decidir por qual delas, por isso limitei as escolhas em três. Vale lembrar que sempre sobra para o outro dia, e você poderá fazer novas escolhas. Por isso, o importante é, você participará das confraternizações sem prejuízos se souber o poder de suas escolhas, ao passar as festividades não ficará surpreso ao conferir o peso e ter boas notícias.

Bom, o que quero deixar claro aqui é que dá para ser feliz! Escolha realmente o que mais gosta para comer. Coma com satisfação e consciência e não sairá da dieta!

No mais, até a próxima matéria e boas festas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *